Tchelinux Santa.. Porto Alegre

O que falar sobre Santa Maria…

Gostei das palestras que consegui assistir, meu colega de aula Henrique mostrou-se um bom palestrante, e suas palestras de Python me fizeram ter vontade em testar. A palestra do Douglas também foi boa, o ritmo dela tava meio lento mas acho que era pelo assunto, porém ele sabia bem o conteúdo. Fiquei frustrado no momento que fui tentar ir ver a de TCP/IP, esta que eu tava interessado em ir, cheguei na hora tinha gente em pé e tudo mais, uma merda. Parece que as pessoas nem foram para o intervalo e já ficaram na sala. Falta de controle do grupo ou das salas disponibilizadas pela UNIFRA para o evento, ja não sei! Mas acredito que a partir do momento em que me escrevo e tenho que selecionar o que irei assistir já deveria servir de controle …

Terá um Tchelinux em Porto, mesmo esquema, alimentos na entrada, palestras fortes (pelo menos parece), hacking de kernel com pessoal da Red HatE (já diria o alemão), e mais um cara da Mozilla.

Maiores informações no site do tchelinux.

[Via: NoticiasLinux]

Observação: Desta vez o Jambrão (representante Stallmaniano do sul) não apareceu mas tinha um senhor que tava perto do MadDog, a propósito, eventos mais xiitas de tecnologia trazem figuras raras, em que seminário você irá ver uma pessoa de chapéu vermelho? Certamente não era porque ele jogou Carmem Sandiego 😛

Anúncios

16 Comments

  1. maisumdianasexatas
    Posted 20, outubro 2008 at 14:22 | Permalink

    Pois bem, quanto ao evento, as palestras que eu vi estavam boas, porem, fiquei muito irritado por não poder ver a palestra de tcp sendo que existem salas muito maiores na unifra, mas… já passou!
    E a primeira palestra sobre Pipes eu achei que falto um poco mais de “profissionalismo” no palestrante. Parecia mais uma conversa informal do que uma palestra.
    Quantos as figuras, poutz, chapéu vermelho da Dead Hat é foda, ahahahah, mas é legal (graças a deus slackware não tem chapéu nenhum, senão eu usaria, ahahah). E realmente tinha um quase Mad Dog lá na ultima palestra.
    Quanto a Porto Alegre, ahahaha, nem pensa.

  2. maisumdianasexatas
    Posted 20, outubro 2008 at 14:29 | Permalink

    esqueci de dizer, melhor palestra do dia, henrique, o cara é bom!!! Mas tem que aprender a falar russo!!! (quem viu a palestra entende a piada)

  3. /
    Posted 20, outubro 2008 at 15:02 | Permalink

    na hora da inscriçao…pra q q tinha um procedimento perguntando quais as palestras q vc queria ver…porra…eles ainda perguntaram…mas fazer o que…negocio eh por uma camera e colocar um data no patio…..

  4. Posted 20, outubro 2008 at 15:37 | Permalink

    Acho que o sistema foi feito em assembly, não chegaram na rotina de conferir as palestras…

  5. \
    Posted 20, outubro 2008 at 15:44 | Permalink

    É… foi o que eu disse da outra tb… pra quem tah começando a mexer em um computador deve ter sido interessante (ou pelo menos pra juntar horas pra ter ACC).
    Não gostei muito da de TCP/IP, dizia que era pra um nível intermediário, mas a primeira parte(única que vi) parecia pra quinta série, não estava ruim, mas podia tratar mais à fundo algo específico, afinal, era sobre TCP/IP e naum foi falado qse nada sobre os protocolos… podiam aumentar os níveis de profundidade nos assuntos um pouco.

  6. Juca
    Posted 20, outubro 2008 at 18:45 | Permalink

    Os caras do tchelinux organizam os eventos com voluntários, então se tu achou que tava ruim a lotação, quem sabe na próxima tu te oferece pra ficar de porteiro nas palestras?

    Sobre o nível das palestras: se foram ruins, porque é que as salas estavam lotadas? Leia bem o resumo das palestras antes de te inscrever, lá está explicado o assunto e o público alvo.

    Hint: no próximo evento cuida menos do teu notebook e presta mais atenção nas palestras! 😉

    Boooo! 😀

  7. maisumdianasexatas
    Posted 20, outubro 2008 at 19:59 | Permalink

    primeiro lugar, ser voluntário não isenta o pessoal de nada
    de que adianta fazer um evento bagunçado???
    segundo, porteiro, lol, acho que voce nao viu que o ponto não era esse, e sim que ao fazer a inscrição para o evento todos deviam dizer quais palestras iam ver, pra que isso? eu tambem não sei, pois deveria ser para alocar o lugar certo para as palestras, mas como visto não serviu para isso.
    quanto a lotadas… é, se 20 pessoas numa sala de 40 é lotado, hum… bom, eu tenho que voltar a estudar matemática, mas tudo bem.
    quanto ao notebook, isso não foi pra mim, eheheheh, o Tesla passou o tempo todo desligado.

  8. Posted 20, outubro 2008 at 20:23 | Permalink

    1 – Eu já tinha idéia de que o nível era for Dummies e não esperava nada mais do que foi apresentado.
    2 – A partir do momento que eu uso meu notebook é para tomar notas para futuras dúvidas e ou anotar coisas interessantes visto que escrever com papel e caneta é ruim e demorado 😉
    3 – Para mim o problema maior é eu ser obrigado a responder e escolher qual palestra seria melhor para mim, e no final das contas ter ir para alternativas porque faltou lugar.. apenas isso 🙂
    4 – Eu não respondo por todos, existem mais 2 redatores e o resto são leitores que comentaram portanto lavo minhas mão sobre as opniões alheias pois já conhecia o sistema da organização

    Incrível que a única vez que abri o Darwin tinham mais 4 notebooks na sala, isso quer dizer no mínimo duas coisas, gostaram de mim a ponto de ficarem me procurando nas palestras ou o Darwin é muito chamativo ROFL

  9. Posted 20, outubro 2008 at 21:04 | Permalink

    Outra coisa que não gostei mas fiquei calado, hoje recebi e-mail da tal iron tecnologia (patrocinadora do evento), e a única maneira de ter caído lá para eles foi a organização passando meu e-mail, ao qual eu não autorizei para receber “informativos”.

  10. \
    Posted 21, outubro 2008 at 0:54 | Permalink

    Alguns aspectos relevantes:
    1) se tu já conhecia o “aspecto da organização” e esteve presente, é porque gostou dos eventos.
    2) se tu não achas interessante participar, não percas tempo inscrevendo-se e deixa lugar para uma pessoa.
    3) muita presunção sua achar que alguém deve te mandar emails, e vosso email é alvo fácil de spammers (http://www.bramoto.com – nesse endereço, no rodapé, consegue-se o seu email rapidinho)
    4) deixas de ser arrogante, pois tu é apenas mais um, e fosse tão bom assim, não estarias residindo aqui em Santa Maria.

    🙂

  11. Posted 21, outubro 2008 at 11:16 | Permalink

    Caro \
    1 – Participo somente pois necessito de atividades extracurriculalres
    2 – Meu e-mail está lá no rodapé a no mínimo 3 anos e apenas ontém recebi e-mail da patrocinadora (ou seja logo após o evento), além do mais uma empresa que tem cursos tão simplórios não teria condições de bancar spammers profissionais, teu argumento é ridículo assim como tua atitude de comentar e nem deixar um nome, se tu fores ver no post anterior sobre pelotas todos comentaram, deixaram seus nomes sem se preocupar com isso…
    3 – Eu não sou arrogante sou exigente, a partir do momento que eu saio de casa para ver uma palestra de usuários Linux espero pelo menos um nível mais avançado das palestras, pois quem usa Linux pelo menos sabe fazer algum Hello World qualquer (PHP não vale). Ao contrário do que muitos pensam Linux não está pronto para usuários finais. Se a idéia do grupo é acertar estes usuários sugiro uma ação maior, como ir em instituições públicas e ensinar a usar Linux, mostrar que o computador comprado em 24x no Big que vem com Linux funciona melhor do que com Windows que eles vão piratear logo depois pois não conseguem usar o messenger e fazer funcionar um pendrive. Para seminários técnicos o nível teria que ser diferente.
    4 – Concordamos em algo Santa Maria é um lixo =) e logo que me formar estarei longe daqui como vossa excelência
    5 – Deixar lugar para pessoas? Pelo visto controle de pessoas não existe, bastava ver o que aconteceu na sala de tcp/ip. E pelo visto deixei né, porque me inscrevi na palestra e nem consegui ver!

    Se posts como esse fossem tão ofensivos e não construtivos o Leonardo Vaz, não mandaria e-mail para os participantes exigindo mais das palestras (em especificações, nível de conhecimento, entre outras infos) para informar aos seminaristas. Eu sei que esse e-mail aconteceu! E foi por causa do blog. Em vez de ficarem admirando o próprio umbigo de vocês (Como o Leonardo comentou sobre o Pale Blue Dot – em pelotas) a vossa senhoria poderia levar em conta comentários feitos aqui. A final de contas uma pessoa só não pode estar errada (não é apenas eu que apontou falhas no evento)! E outra, se fosse totalmente ruim eu nem comentaria o evento Porto Alegre, eu acho legal a IDÉIA do grupo, só discordo da organização. Nós somos da informática, a organização deveria ser tão perfeita quanto escalonar processos 😉

    Esse tipo de mimi parece a ocasião em que os desenvolvedores do pidgin e kde se irritaram com os usuários, qualquer semelhança mera coincidência? May be…

  12. Posted 21, outubro 2008 at 15:40 | Permalink

    Bom antes começar a trollar, algumas considerações:
    1 – Acredito que o evento tenha sido bem interessante e tenha servido o propósito dele (arrecadou alimentos, público ficou satisfeito), e tanto do ponto de vista pessoal (obrigado por assistirem minhas palestras), quanto do ponto de vista profissional (troca de experiências, saber o que as outras pessoas andam fazendo).

    2 – As palestras foram muito boas (as que eu assisti)

    3 – O público compareceu (sinceramente eu estava esperando – de 100 pessoas no evento, não muito mais do que isso)

    4 – A camiseta valeu os R$10

    Agora a parte de comentários construtivos:
    1 – Não consegui ver nenhuma das palestras que me interessavam do Vaz (acho que se tivesse colocado a ultima palestra dele como 2ª ou 3ª e feito a troca ficaria mais interessante)

    2 – Devia ter camiseta preta

    3 – Falta de um lanche no intervalo (nem que fosse um chimarrãozinho)

    4 – Enforçar o controle de acesso nas palestras (salas super lotadas X salas sem ninguém)

  13. maisumdianasexatas
    Posted 21, outubro 2008 at 18:54 | Permalink

    comentários de baixo nível e recheados de palavras de baixo calão serão deletados, obrigado!!
    (isso é uma decisão minha, não do bruno, enchi o saco das bonecas brabas porque não sabem aceitar críticas, moderação serve pra isso!!!)

  14. BEIJA-FLOR
    Posted 22, outubro 2008 at 7:34 | Permalink

    “Certo dia, houve um incêndio na floresta, e todas as áreas foram cercadas por um fogo denso. O vento estava por todos os lados e os animais não tinham para onde escapar e foram barrados a frente de um rio.

    O que vamos fazer dia o elefante ? E agora, dizia o leão ? Vamos atravessar o rio, dizia outro…………….Mas tem fogo do outro lado da margem………..

    E a confusão se instalou toda……..

    As aves não conseguiam voar alto……………..

    De repente todos pararam e viram que o beija-flor ia até a margem do rio , mergulhava, pegava em seu bico algumas gotas de água e voava até o fogo e deixava a gotinha cair sobre as labaredas.

    O elefante virou e falou: Você está louco, beija-flor? Você acha que esta simples gotinha poderá apagar um incêndio tão grande?

    O Beija-flor disse: Com certeza não, mas eu estou fazendo a minha parte, e, se cada um fizer a sua, com certeza algo conseguiremos. ”

    Você acredita que fazendo a sua pequena parte você pode transformar o mundo? Então vá e faça aquilo que você tem que fazer!

    Um velho Avô disse a seu neto, que veio a ele com raiva de um amigo que lhe havia feito uma injustiça:

    “Deixe-me contar-lhe uma história.

    Eu mesmo, algumas vezes, senti grande ódio àqueles que ‘aprontaram’ tanto, sem qualquer arrependimento daquilo que fizeram. Todavia, o ódio corrói você, mas não fere seu inimigo. É o mesmo que tomar veneno, desejando que seu inimigo morra.

    Pensem a respeito, talvez um pouco mais de meditação fará bem a todos vocês.

  15. Posted 22, outubro 2008 at 16:58 | Permalink

    Se reclamações não fizessem parte da civilização para mudança de conceitos básicos estaríamos vivendo as Leis de Talião até hoje. Mas concordo com o Beija-flor de Erechim.

    Visto que minhas opniões ofendem o grupo, não irei mais comentar nada. Boa sorte. Um abraço e boa sorte na sua jornada.


Comente

Required fields are marked *
*
*

%d blogueiros gostam disto: